Anna Ratto lança DVD com as participações de Erasmo Carlos e Lucas Vasconcellos.

Roberta Sá assina a direção artística e Rodrigo Vidal a direção musical

Com 10 anos de carreira e três trabalhos de estúdio, a cantora e compositora carioca Anna Ratto está lançando seu primeiro DVD. A ideia do registro em vídeo começou a se desenhar a partir de um papo informal com a cantora Roberta Sá, amiga de longa data. Em meio ao “brainstorming” das duas, surgiu o convite para que Roberta assumisse a direção artística do show.  A direção musical ficou por conta de Rodrigo Vidal, produtor dos três discos de Anna, e a direção geral leva a assinatura do talentoso David Pacheco.

“Depois do terceiro disco, fiquei pensando se fazia um quarto trabalho, ou se partia para gravar um DVD.  Muita gente me dizia que eu devia registar o show, que é tão forte, tem uma energia bacana, músicos incríveis” conta Anna. “Achei que tinha mais para mostrar, mais para fazer com o repertório desses 3 discos que já lancei antes de passar para um projeto inédito. Por isso, o DVD é um apanhado das coisas mais marcantes de cada disco, com destaque na produção autoral –  como eu também componho -, além de releituras que tinham mais a impressão digital da gente. O show virou, então, um momento especial para dar mais espaço a tudo isso”, pontua a cantora e compositora.

Gravado no Rio de Janeiro (Teatro Rival BR) em fevereiro de 2014, o DVD reúne canções da safra autoral de Anna, como Cabra-Cega, Serena, Perto-Longe e Seja Lá Como For. “Queremos mostrar mais do que uma intérprete de música brasileira. A Anna compõe e queríamos explorar esse lado. Já tínhamos ótimo material pra isso”, diz Roberta Sá.

A compositora Anna Ratto, no entanto, não abriu mão de suas referências musicais, como Gilberto Gil e Os Novos Baianos. Trouxe uma nova versão ‘pop-funkeadada’ de “Velha Roupa Colorida”, de Belchior, bem diferente das conhecidas com Elis e o próprio autor, e lembrou compositores contemporâneos como Rodrigo Maranhão e Edu Krieger.  Ao longo dos ensaios, inaugurou parceria com Lucas Vasconcellos, que também participou da banda base. Integrante do Letuce, com disco solo e outros projetos paralelos no currículo, Lucas trouxe uma sonoridade nova ao projeto:  “A gente já tinha a banda e o repertório definidos quando pensamos em convidar alguém que trouxesse um dado novo pra banda, que já vinha na mesma formação há algum tempo. Aí veio nome do Lucas, que é um cara muito criativo, super moderno, contemporâneo. Ele trouxe um pouco da onda dele para o nosso som – foi colocando pinceladas de guitarra, de sintetizador”, conta Anna. Foi do disco solo de Lucas que Anna pescou a bela “Eu não vou chorar por fora”, registrada em dueto no DVD. Juntos compuseram a balada “Desalento”, única inédita do DVD, que nasceu de uma canção que Anna não conseguia terminar: “Mandei a letra quase pronta e uma parte da melodia para o Lucas e na mesma madrugada ele me mandou a música pronta”.

O outro dueto do DVD foi com o “Tremendão” Erasmo Carlos, com quem Anna divide os vocais de “Cachaça Mecânica” (de 1973), gravada no segundo disco da carioca. “Me apaixonei de cara por essa música quando o Vidal me apresentou à ela. Quando pensamos em inclui-la no repertório, a primeira coisa que veio à cabeça foi convidar o Erasmo para cantar comigo, mas sem expectativa alguma. Parecia uma coisa tão distante da realidade que eu pensei, caramba, será que ele vai aceitar?” Erasmo aceitou, ensaiou com a anfitriã e fez o registro que enche Anna de orgulho e alegria: “Foi uma honra e um privilégio para mim eternizar esse encontro com essa pessoa sensacional, um gigante doce e gentil”, define. Sem que nada estivesse planejado no momento da gravação do projeto, que é uma co-produção com o Canal Brasil, o DVD está sendo lançado pelo selo de Erasmo e seu filho, Leo Esteves: a Coqueiro Verde.

Roberta Sá está presente de muitas maneiras no DVD, desde o começo, quando aceitou o desafio de Anna para assumir a direção artística. Inicialmente, a ideia era contar com Roberta em cena, em algum dueto, não somente nos bastidores. “Era para a Roberta fazer parte do show, mas ela ficou tão envolvida com a direção, nos bastidores, que ficou com medo de não funcionar, de se emocionar demais. O tempo foi passando, foi chegando perto da gravação e a gente nem tinha ensaiado”. Foi quando Roberta pensou em fazer um registro posterior, com calma, sem o estresse da gravação: assim nasceu a ideia do vídeo clipe que está nos extra do DVD para “Nem Sequer Dormi”, do cancioneiro de Anna. “Fizemos um novo arranjo, mais tranquilo, e acho que ficou bacana, foi uma maneira criativa de trazer a Roberta para a frente do DVD, também”, arremata.

Na banda base do DVD um “timaço” formado por Fernando Caneca (guitarra), Emerson Mardhine (baixo), Fabrizio Iorio (acordeom e teclados), Marcelo Costa (percussão), Cesinha (bateria) e   Lucas Vasconcellos (guitarra e programações). “A gente tem uma dinâmica de banda, mesmo. Um contribui para o outro, estamos juntos o tempo todo. Dá para sentir como a gente se realizou nessa gravação, sabe? Porque é uma grande realização conseguir gravar um DVD, hoje em dia. Sou muito grata ao Canal Brasil, que dividiu isso com a gente”, comemora Anna Ratto, em sua estreia no formato.

O belo e delicado cenário, à imagem e semelhança da protagonista do espetáculo, leva a assinatura de Gigi Barreto e a equipe do Escritório de Arte Rio, que já desenvolveu trabalhos para Vanessa da Mata e Paula Fernandes, entre outros nomes. A iluminação é de Samuel Betts. Projeto gráfico de Maíra Knox.  Fotografia: Páprica, por Daniel Chiacos.

O show de lançamento será no dia 29 de Maio no Teatro Solar de Botafogo (RJ), e depois ganha a estrada. Os músicos que acompanham Anna Ratto no show do Solar de Botafogo são Emerson Mardhine (baixo): Fernando Caneca (guitarra); Cesinha (bateria) e Fabrizio Iorio (teclados e acordeom).

———————————————————————–

Biografia

“Não tenho nenhuma lembrança da minha casa em completo silêncio. Algum sonzinho rolava, mesmo que baixinho. De Billie Holiday a Luiz Gonzaga, se ouvia de tudo. Minha mãe sempre cantou bonito e chegou a gravar, por hobby. Minha avó foi formada em piano pelo Conservatório. Meu pai e irmãos, todos arranham algum instrumento. Sou a caçula e, com tantos estímulos sonoros, o meu caso foi sério. A música gritou alto! Não tinha como escapar… Fui pagar pra ver!”

Formada em Psicologia, Anna não resistiu e há 10 anos se dedica integralmente à carreira.

Considerada uma das melhores vozes de sua geração por Nelson Motta (fonte: Programa Sintonia Fina), lançou o primeiro disco (Do Zero-2006) já sob a chancela e participação de talentos como Pedro Luís e Rodrigo Maranhão. No segundo (Girando-2008) contou com a honrosa presença do mestre Edu Lobo, em duo. Neste disco, a cantora reforçou o lado autoral inaugurando parceria com Edu Krieger, além de fazer releituras ousadas para autores como Roberto e Erasmo Carlos, Gilberto Gil e Novos Baianos.

Lançou o terceiro e mais autoral de todos em 2012. Mas também deixou espaço para inédita do jovem e elogiado Dani Black e duas do genial Tom Zé, a quem havia prestado homenagem recente.

Todos os discos produzidos por Rodrigo Vidal.

Anna Ratto vem colhendo elogios da crítica especializada. É da nova safra de cantoras-compositoras que faz música independente com bases sólidas.

E para celebrar os 10 anos de carreira, acaba de gravar seu primeiro DVD (ao vivo) em parceria com o CANAL BRASIL.

Gravado no Teatro RIVAL BR (RJ), o show contou com as participações pra lá de especiais de Erasmo Carlos e Lucas Vasconcellos.

Sob direção artística de Roberta Sá, produção musical de Rodrigo Vidal e direção geral de David Pacheco, o lançamento está previsto para março de 2015 (Canal Brasil/Coqueiro Verde). Aguardem!